TRISTE REALIDADE DO TÊNIS DE MESA NO INTERIOR DO BRASIL

Prezados mesatenistas.

Enquanto a FBTM e as federações…não apoiarem de fato o tenis de mesa brasileiro continuaremos a tratar de assuntos relacionados apenas a " 2, 3 jogadores".
Venho expor uma realidade aqui de minha cidade…Imperatriz do Maranhão.
Já vi várias promessas do tenis de mesa surgirem aqui! - Mas…aonde está o apoio, pequenos incentivos, torneios que não fiquem só a nível das capitais dos estados?.
Deveriam construir mesas de concreto em praças públicas… não só nas capitais…e sim em pequenas cidades aonde haja jogos escolares que tenham a modalidade de tenis de mesa.

  • Um exemplo acontecido recentemente nos Jogos Escolares de Imperatriz 2007 -
    " Um garoto de 11 anos de idade estudante de uma escola municipal, para participar dos jogos escolares, contou-me “in loco” que para conseguir comprar uma raquete que custou R$ 11,00, fez pequenas limpezas em quintais das casas vizinhas aonde mora"
  • Moral da história, esse mesmo garoto foi o destaque dos jogos e sagrou-se campeão em sua categoria e irá disputar os Jogos Escolares Maranhenses de 2007 na capital São Luis.
  • Salve a raça e tenhamos fé nas pessoas que comandam o tênis de mesa do Brasil,para que acordem!!!

quem tem talento eh foda… aki na minha cidade tbm eh foda nao tem incentivo nenhum e nao acho torneio q nao seja federado aki por perto e soh tem clube em ribeirao preto q fika 50 kms da minha cidade…ae eh foda eu queria ser um dia ser federado ou pelo menos treinar em um clube e hj eu soh treino aki em casa com a galera da cidade mas soh eu e um amigo meu q quer tentar ir pra um clube e tentar ser federado um dia… a minha cidade se chama orlandia tem 30 mil habitantes o foda de vc morar numa pekena cidade eh q nao tem clube ninguem jga tenis de mesa bem e nao tem campeonato regional aki por perto eh fda isso eu moro no interior de sp…
na boa oq eu faco pra tentar chegar a ser federado um dia num lugar q nao tem porra de apoio nenhum no tenis de mesa e ainda eu nao tenho grana pra morar em ribs … eh sacanagem isso eu queria ser federado um dia com um clube da minha cidade…

o maximo q tem aki eh uns campeonato q eu e a galera da minha classe faz mas soh isso ae nao tem graca eu queria pelo menos um torneio de tenis de mesa q soh participa nego de orlandia mas aki nao tem torneio… eh foda eu odeio essa porra de sistema de tenis de mesa tinha q ter apoio de tdo mundo onde jah se viu ter q treinar num clube jgar pelo clube aff eh um esporte individual o cara vai aonde ele quiser e jga por ele ae teria mto mais campeonato e ateh eu poderia jgar sem porra de clube nenhum

eu nao quero fazer do tenis de mesa a minha vida mas com essa bosta de eskema de q soh tem clube em cidade grande eu teria q viver lah em ribeirao soh pra jgar um dia pelo clube afff… eu queria morar aki e nas hora vaga jgar tenis de mesa mas nao a ponto de ter q ir morar em otra cidade pra jgar por um clube o brasil eh uma merda nao tem apoio em cidade pekena de jeito nenhum … se fosse um sistema de cada um ia no torneio jgava o q sabe e pronto acabo ae teria ateh torneio aki da minha cidade e tbm eu poderia estudar aki e jgar d boa na minha cidade…

aki tem interclasse mas soh tem nego fraco aki q se acha bom msm eh eu e o meu amigo soh o resto perde de mim de 23x0 de set eh o melhor da escola tirano eu e meu amigo e depois o cara se acha afff lixu eh poko eh um imbecil… mas dexa isso pra lah intao aki tem interclasse mas sempre ganha eu ou meu amigo nunca mudou esta historia nois jga direto isso e nao tem torneio de escolas ao msm tempo aki nao tem porra de apoio nenhum parece q tenis de mesa nao existi aki… eh uma [email protected]#$%¨
eu sei q to meio bravo aki nas minha msg e vc pode achar q eu sou convencido mas nao sou nao eh pq aki os cara eh bem pior q eu e perde de 23x0 e tbm q aki nem campeonato entre escolas tem e camp. regional nunca ouvi flar q existe soh existi interclasse q eh soh nego da minha escola e como eu flei soh dah eu sempre ou meu amigo eh sem graca isso …

Nós entendemos a revolta com a realidade no país. Em todos os níveis e lugares sofremos com a falta de apoio e incentivo que faz com que o Brasil, um país onde surgem muitos jovens talentosos, infelizmente não consiga aproveitá-los projetando-os pro nível profissional no cenário internacional.

Para que haja um ou outro profissional, centenas de pessoas talentosas (ou pq não milhares se contarmos os que abandonam o esporte não massificado para fazer aqueles que “passam na tv”) têm que parar no meio do caminho.

As oportunidades nesse esporte são escassas. Os que conseguem agarrá-las estão lá porque merecem. Porém, vocês tocaram num ponto que é importante: o acesso às oportunidades é assimétrico. Isso não é um problema só do Brasil ou só do esporte (veja o acesso às universidades por exemplo). É algo que ocorre em quase todo o mundo. O que varia é a magnitude, a intensidade que ocorre. No Brasil ocorre mais acentuadamente porque é um dos países com a pior distribuição de renda e de riqueza (e de poder). E isso nunca muda desde o começo dos tempos porque a política (única que pdoeria fazer isso melhorar) sempre foi podre e dominada.

Se dependesse somente da nossa vontade, tudo seria melhor com certeza. Mazinho para presidente da CBTM e Deputado Federal! rs.

blz cara desculpa ae pelos palavroes e serei mais cauteloso nas palavra hehehe mal msm

gostei do q vc escreveu lah sobre o brasil

Concordo com o fabiobucci eu treino com ele e eh muito dificil nois conseguir apoio pq aqui em orlandia naum tem clube e muito menos encentivo
o q nois tem q faze eh se vira memo e nois vai ve se no ano q vem nois vai pra ribeirao e ve se la nois da certo flow!!!

eu estou revoltado pq quando a gente fla pras pessoas a seguinte frase " eu quero ser mesatenista" elas ri de nois e dizem " kkk tenis de mesa naum tem futuro" hum mesmo se tiver ou naum eu jogo por amor!!! 8)

isso eh verdade msm… eu jgo por diversao e se eu for federado um dia jgarei por diversao tbm pq pra mim tenis de mesa eh um esporte como qualquer outro … depois falam q tenis dah mais futuro problema deles se gostam ou nao eu jgo por diversao eu nao ligo se dah mais dinheiro q tenis ou nao o importante eh se divertir e ser feliz xD :wink:

galera, como vcs estou tb indignado com esse desprezo das entidades com nosso amado esporte, mas ao inves de ficar chorando em um sofá vendo tv, devemos tentar mudar essa situação.

apoio (em relação a patrocinio) nem diogo silva tinha antes de ganhar o pan, entaum não podemos sair reclamando disso.

apoio (em relação a falta de estrutura do esporte) sim, isso devemos tentar mudar pois é um absurdo algumas pessoas fazerem o que bem entenderem com o tenis de mesa

se as pessoas falam que tm não dá futuro, não interessa. o tenis de mesa é maior que o pensamento inutil de pessoas assim, devemos mostrar pra elas o bom do esporte, mas claro desde que as entidades não atrapalhem (já que ajudar é meio dificil)

O QUE É LEGAL É QUE NESSA PORCARIA DE PAIS QUE VIVEMOS

EM QUALQUER CIDADE DO PAIS QUE SEJA…
EXISTE ALGUM LUGAR PRA SE TREINAR FUTEBOL

Pessoal, o Brasileiro tem mesmo uma grande desvantagem em relação a outros países. Vejam só:

Atualmente estou morando na Alemanha e só num raio de 3 quarteirões aqui de casa temos umas 6 mesas de concreto para jogar.
Meu filho começou a jogar na escola e como joguei “sou clássico” na minha adolecência, resolvi voltar a jogar com ele e a treinar com uns amigos.

Agora olha a parte boa da história: comprei já quatro raquetes para brincar com ele, 2 buterfly e 2 donic. Aqui com 25eur vc compra 2 raquetes buterfly com estojo e 3 bolinhas. Com 80eur usa uma raquete de carbono.

O que eu quero dizer, é que qualquer muleque aqui usa Buterfly e nitaku na pracinha, ou seja, desde cedo eles tem acesso aos melhores equipamentos e melhores condições de treino.

Na minha opinião, o Brasileiro dá muito valor a coisas fúteis como pagode, futebol (ah se vcs vissem o que é ir no campo aqui) e esquecem que cada pessoa é diferente e gosta de coisas diferentes. Neste caso as minorias são prejudicadas como é o caso não só do tenis de mesa mas também o ciclismo, e outros esportes individuais.

Temos que cobrar mais dos governantes e exigir que os impostos que pagamos retornem em investimentos culturais e sociais.

Meu filho já me disse que quer entrar em uma escolinha, mas duvido que na minha cidade ai no Brasil eu encontre alguma que não seja em um clube particular.

Fica aqui o meu apelo as federações nacionais: Sejam profissionais amigos, criem seus campeões, e não fiquem esperando décadas para que eles nasçam e por muita sorte tenham recursos para se desenvolver sozinhos.

Panzer.
AAS

[quote=“Panzer”:2xt72sv0]Pessoal, o Brasileiro tem mesmo uma grande desvantagem em relação a outros países. Vejam só:

Atualmente estou morando na Alemanha e só num raio de 3 quarteirões aqui de casa temos umas 6 mesas de concreto para jogar.
Meu filho começou a jogar na escola e como joguei “sou clássico” na minha adolecência, resolvi voltar a jogar com ele e a treinar com uns amigos.

Agora olha a parte boa da história: comprei já quatro raquetes para brincar com ele, 2 buterfly e 2 donic. Aqui com 25eur vc compra 2 raquetes buterfly com estojo e 3 bolinhas. Com 80eur usa uma raquete de carbono.

O que eu quero dizer, é que qualquer muleque aqui usa Buterfly e nitaku na pracinha, ou seja, desde cedo eles tem acesso aos melhores equipamentos e melhores condições de treino.

Panzer.
AAS[/quote]

olá

logicamente em paises mais desenvolvidos existem diversas vantagens:
o povo cuida mais de coisa pública, o governo tem dinheiro para construir praças com diversas modalidades de esporte, o povo é mais instruído e então é mais fácil criar associações entre outras coisas.

Mas na minha opinião também conta a condição de ter alguns tops mundiais entre os alemães, incentivando mais o tenis de mesa. Duvido q tenha uma quadra de futebol de salão em todos os cantos como no brasil.

Mas fica uma incognita, se tiver mais mesas de tenis teriamos mais gente interessada? É como uma propaganda: vende mais porque é fresco ou é fresco porque vende mais?

Sim tem.
Aqui do lado de casa são duas quadras com gramas sintética com campo de futebol e basquete.
Do lado estão duas mesas de TM.

O que eu quero dizer é que não interessa o esporte, mesmo que ele não seja muito comum, aqui você encontra recursos para praticá-lo.

Esporte é tudo na minha opnião. Criança no esporte é criança na escola e fora das ruas. Esporte é convívio social.

O Brasil precisa investir mais no esporte!

Obs.
Aonde que no Brasil existem tantas quadras de futebol assim espalhadas?
Em Limeira na minha cidade quando vc encontra uma nem traves tem porque está tudo quebrado e a prefeitura não mantem.

Panzer vc flow tudo cara esporte eh a melhor coisa pq relaxa vc se diverte ha oportunidades pelo mundo e o melhor, tira as criancas da rua pensa quantas criancas de rua naum poderiam se tornar profissonal no TM ou em outro esporte?kkkkk esporte eh o melhor remedio melhor ainda se vc estiver com seus amigos!!! ne? kkkk eu queria conheer todos os mesa tenistas do BR pra gente jogar junto e aprender junto !! flow!!! :smiley:

Caro Fábio/ Roger a indgnação de vocês é geral para todo praticante de tenis de mesa , mas enquanto não pegarmos nas raquetes e criamos soluções práticas e criativas não vão acreditar que as federações, a maioria vão fazer projetos , ir para ruas e divulgar o esporte nós é que temos que fazer a coisa acontecer . Primeiro lugar é a questão de saber o que vem a ser CBTM e as Federações pois quem mantem todas elas somos nós , pagando tras , campeonatos etc…
Aqui em Recife /PE , a ABTM E O PROJETO ESCOLA ABERTA/ OTHON PARAISO FIZEMOS UMA PARCERIA, o diretor sr. Valmir convidou-me Dário Xavier para iniciar treinamento de tenis de mesa em um espaço da escola que estava vago para os alunos e também ao publico em geral da comunidade , digo dos bairros adjacentes nos sábados e domingos ,na ABTM possuimos duas mesas e a escola tem uma e começamos com as primeras raquetadas juntando a garotada , adultos e estamos conseguindo bons resultados , agora estamos a ABTM quase comprando mais uma mesa de onde vem tudo isso doaçoes , do nosso bolso , do bolso do diretor que comprou redes e raquetes , doaçoes de alguns mesatenista do clube português do Recife e a nossa remuneração é saber que estamos fazendo algo pelas crianças e adolescentes tirandos das ruas pois é melhor uma raquetes na mão do que uma arma ou que virem estatisticas negativas , e tudo isto de graça as vezes até com o nosso dinheiro que é pouco mas conseguimos fazer a diferença.
O fato é que até bolsas para treinar ganhamos, conseguimos 03 com o professor AILTON SILVA técnico do Clube Portugues do Recife pois ele viu que a garotada tem potencial de chegar lá . Inclusive na seletiva dos ljogos estudantil mirin o MARCOS foi campeão e veio de uma escola publica .

Então , cara vá a luta não espere dirigentes ou quem que que seja para raquetiar, nós fazemos a diferença e sempre fizemos, aqui é assim: A PALAVRA MOVE ,E O EXEMPLO ARRASTA.

Atenciosamente

Dário Xavier ABTM/PE (PRESIDENTE)

Dário;

Parabéns pela sua atitude. Penso da mesma forma, ficar parado e criticar somente não resolve, temos que fazer nossa parte.

Falo isso porque tenho feito algo aqui em minha região, e apesar de críticas e boicotes, com o apoio da Federação Mineira de Tênis de Mesa dentro daquilo que é possível, consegui filiar um Clube, trazer para nossa região quatro etapas do ranking (antes todas eram em BH) e além disso organizo uma copa para atletas não-federados, com o conhecimento da federação e com isso já temos hoje quase 20 atletas em nosso clube treinando, sem necessariamente eles terem que ser sócios do clube ou filiados, somente pagam uma pequena taxa para manutenção do professor, que sou eu e atualmente minha profissão é ser técnico de Tênis de Mesa, tanto que já me registrei no CREF-MG, estou fazendo curso, etc.

Se todos fizerem sua parte (esqueci de comentar, alguns atletas que treinam nem raquetes tem, são emprestadas por mim), como você vem fazendo aí, se todos ajudarem ao invés de somente ficar colocando a culpa em dirigentes e federações, nunca faremos o TM ter o respeito que merece.

Só que muitos infelizmente pensam que só eles podem, ou só eles estão certos, e aí fica difícil, pois ao invés de união, temos briga e pessoas lutando contra em vez de lutarem por um ideal, que é o desenvolvimento do tênis de mesa.

Falo isso porque aqui em Minas mesmo temos a federação e sua oposição, e sem julgar quem está certo ou errado, o que vejo é a federação fazendo os torneios dela, e aqueles que criticam, não fazem um evento, simplesmente criticam o que tem. Poxa, se está ruim, faz o seu e mostra como deve ser.

“Apontar erros é fácil, achar soluções nem tanto”

E por favor, não me venham com papo de fazer tudo só por amor, sem remuneração, pois esporte, principalmente de alto rendimento exige verba, e geralmente alta, para se ter equipamentos de alto nível, e ficar parado esperando governo, hahaha, só quando algum deputado for canonizado né?

Desculpem se tiver falado demais ou se alguém achar que é demagogia, mas infelizmente não acho que seja.

À 2 meses atrás eu estava gravando na cidade de Tiete ( interior de São Paulo proximo de Piracicaba ).
Fui gravar uma entrevista com o diretor da Escola Plinio Rodrigues de Moraes e vi no pátio 5 ( CINCO ) mesas de TM THIBHAR que ficam montadas permanentemente e muitos alunos usando.
Fiquei feliz em ver tantos alunos jogando PP e a maioria TM, estive lá quase no inicio das férias e ouvi o professor de Educação Física organizando um torneio interno de TM antes das férias começarem e tenho certeza que ele é Mesatenista por que ele usava uma camiseta da THIBHAR.
O espaço qua as mesas ocupam é bem menor que uma quadra de FutSal que é usada por no maximo 15, 16 pessoas por vez ( contando reservas ), nas 5 mesas contei em média 10 , e isso com custo muito menor.
Imagine como seria bom isso em todas as escolas.