Ryu Seung Min

Caros colegas frequentadores desse fórum:

Gostaria de saber a opinião dos senhores sobre o que aconteceu a esse jogador, que teve ano passado um desempenho histórico e depois das olimpíadas não fez mais absolutamente nada. Será que o jogo dele ficou manjado, todo mundo aprendeu a jogar contra caneteiros natos, ou “acabou a pilha” dele depois daquela competição?

Deixem seus comentários.

Eu acho que o desempenho histórico do Ryu tem muito a ver com o fato do Waldner ter facilitado a vida dele, tirando o Ma Lin do caminho…

Mestre Nakata, acrescento ao seu comentário a outra ajuda que o Waldner deu a ele, ou seja, entregou o jogo, porque o Waldner contra ele não jogou nada, se o Waldner jogasse pelo menos 30% do que ele jogou contra o Ma Lin ele iria ganhar fácil, esse Ryu pra mim foi a maior zebra da história, não ganha mais nada, e digo mais, a sorte dele foi que ele não jogou contra o Thiago Monteiro, senão ele saia era na primeira fase. hehehehe

eu dou alguns fatores como:

  • periodização
  • motivação e sonho
  • estilo de jogo dele eh mais de risco do q todos os outros
  • pressão de jogar como desafiante e naum como champion
  • possivel contusao e dores apos desgastante temporada
  1. o trabalho de periodizacao foi todo voltado p/ ele estar no pico na epoca das olimpiadas. É natural q ele decaia depois das olimpiadas

  2. ele estava mais motivado do q nunk na olimpiada e durante os treinamentos p/ tal, entaum depois de vencer uma olimpiada sua motivacao cai um pokinho. A motivacao as vezes faz magica na mesa. Acredito q o sonho dele era ser campeao olimpico. Depois q caiu a ficha q ele eh o campeao e o sonho jah foi realizado, fica dificil se motivar do mesmo jeito q antes em busca de novos desafios, pois o titulo maximo ja foi alcancado. O kra tem q ter um tempo p/ curtir o momento tbm, imagina vc ser campeao olimpico e num ter nem um tempo de gozar.

  3. O estilo de jogo do ryu seung min eh o mais de risco de todos. E sua vitoria na olimpiada se deve a isso tbm pq seu estilo imponente naum deixava seus adversarios jogarem, nem ver a bola. E durante a olimpiada entrou tudo, assim como poderia naum entrar e ele perder na 1a partida… É como investimentos, qto maior o risco maior a rentabilidade, e na olimpiada deu td certo e ele colheu a rentabilidade…TIpo qto maior a qualidade das bolas q a gente dah, maior as chances de errar…E ele deu somente bolas de qualidade e naum errou nada. Entaum os adversarios naum podiam explorar seus erros e nem acompanhar seu ritmo na troca de bolas. Estavam sem saida. Esse estilo e´o mais dificil de todos portanto o kra tem q estar melhor treinado do q todos. E isso pode acarretar futuras contusoes e dores.

  4. A olimpiada ele jogou mais como desafiante do q como defensor de cinturao, pois tinham varios outros favoritos na frente dele (Chineses, Europeus + CHuan Chi Yuan)…apos a olimpiada ele comecou a jogar como campeao olimpico e a pressao eh mto maior…

  5. É natural q atletas c/ tal estilo e/ou atletas q enfrentam duras temporadas tenham contusoes e dores. Pq num existe nenhum top player q naum tenha dores ou contusoes cíclicas. Vide Schlager, Waldner.

excelente análise do Kyo

Concordo plenamente. O melhor post do ano até agora.

Ta certo, devo concordar com o Kyo, porém continuo a sustentar a teoria de que os caneteiros entrarão em extinção, pois os classinetas vão dominar a parada, tanto é que preferi mudar de estilo, estou jogando muito abaixo do meu jogo, mas acredito que a longo praqzo estarei fazendo um investimento em qualidade. haja perna pra jogar com um waldner, e sendo assim, os caneteiros tem que evoluir…

Fazem 20 anos ou mais que tem gente dizendo isso, e temporada após temporada sempre há vários caneteiros salgando a sopa dos classistas. Sabe o que é melhor disso tudo? É assistir a renovação da profecia só para ver o profeta dando explicações nos anos seguintes do porque ainda não foi desta vez. :lol:

Sim tem 20 anos q falam q vaum desaparecer.
A minha opiniao eh q no nivel forte eles naum irao desaparecer.
Eu acho q eles vaum ficar mais raros no nivel mais fraco pois eh mais facil de se aprender e a jogar classicos ou classinetas. A evolucao no nivel fraco e intermediario eh mto mais rapido qdo a pessoa eh classineta ou classista.

De acordo c/ a minha “tese do costume” é impossivel o caneteiro sumir pq sempre a qtdd de canetas ira tender ao equilibrio pq a medida q diminui o nº de canetas, os outros estilos vaum se desacostumando a jogar contra canetas e esses canetas vaum comecar a ganhar jogo atras de jogo, e assim, vai atrair mais gente p/ esse estilo…Prova disso é a dificuldade (principalmente nas categorias abaixo de 18, os mlks europeus sentem serias dificuldade em jogar contra caneteiros pq lah eh raro os caneteiros)

eu acredito tbm q a “paixao caneteira” tbm naum deparecera…Há caneteiros q sentem tesao, amam jogar caneta pelo fato deles sairem td de direita, ter o forehand mais potente do mundo, serem mais agressivos, terem a bola curta mto boa, terem uma mobilidade do pulso ante-braco no saque, terem uma batida de esquerda, usarem uma raqt macica de hinoki q dah firmeza, velocidade, feeling q naum se ve em outras raqt…A escola koreana tbm motiva essa paixao, antes c/ Kim Taek e agora c/ Ryu Seung Min, ou mesmo antes c/ Yoo Nan Kyu e Lee Chul Seung q eram verdadeiros SHOWMEN jogando por mais q naum fossem os nº 1 do ranking…

De acordo, c/ os principios de Darwin, acredito q dentro do estilo caneta nascera alguem c/ um estilo bem adaptado as novas tendencias do tm moderno e tds irao jogar como ele p/ o estilo sobreviver. Pq tds falam q o caneta ira morrer assim coomo Marx dizia q o capitalismo iria desaparecer. Porem tanto Marx como os q dizem q o caneta ira morrer, erraram ao esquecer da evolucao deles. Se o capitalismo e o estilo caneta naum tivessem evoluido certamente eles teriam morrido. Mas eles evoluiram e se adaptaram as novas tendencias. A prova disso eh Ryu Seung Min q eh taum agressivo como Kim Taek Soo, mas ele eh bem mais versatil e completo…(desculpe a viajada filosofica, falei de Genetica, Historia Economica e Tenis de mesa ao msm tempo, porem o mundo eh dos cultos)

Hum… Acho que se o mundo fosse dos “cultos”, com ou sem Darwin o post acima não existiria. Mas concordo plenamente: um campeão olímpico é a ponta do iceberg: por trás dele há uma tradição que produz milhares de jogadores, treinadores, novas técnicas e até uma identidade fundamental pro tênis de mesa, a conhecida paixão pelo estilo caneta. Claro que é verdade que o classista dispõe de mais armas do que o caneteiro, mas esporte não é matemática, ele é, antes de tudo, resultado e performance, e o ryu seung min acaba de dar novo fôlego ao estilo caneta (para não falar do Wang Hao, vice-campeão olímpico e também caneteiro).

Kyo,

Realmente, soh posso dizer uma coisa:

OBRIGADO POR TER ME AVISADO PRA LER ESSES SEUS POSTS! :smiley:

REALMENTE IMPRESSIONANTES, COISA DE QUEM REALMENTE ENTENDE DO ASSUNTO! :slight_smile:

MERECEM ATEH SER EMOLDURADOS! Vc disse tudo e um pouco +! :slight_smile:

C/ o Mestre Nakata (:servo:) disse: O MELHOR POST DO ANO (1o. deles), mas o 2o. foi tb um dos Melhores do Ano. Alias, esse seu Post ficaria no Top 5 de todos os tempos do nosso Forum (o 1o.)! :slight_smile:

PARABENS!!! ::perfeito::

Um abraco,
P.S.: E pensar q se fosse nao me tivesse dito, eu nem teria lido, pois simplesmente nao vi… Acho q por causa do tempo q gastei com o Upgrade de meu PC, c/ lhe falei. :slight_smile:

Bom…

Eu, como caneteiro, digo:
"ja ouvi centenas e centenas de vezes que os caneteiros iriam ser excluidos do tm… isso (pra mim) é impossivel… pois sempre, nas escolas, qnd vc da uma raquete na mão de qqer um… os que seguram direito (isto é, de uma maneira que EXISTA), segura caneta… eu comecei assim… e o comentário acima, ótimo… pois o qnt menos caneteiros, menos os classistas sabem oq fazer contra… e isso é melhor para “nós”, caneteiros…
todos sabemos que a maioria, hj em dia, são classistas, mas… isso não pode ser argumento para dizer: “OS CLASSISTAS SÃO OS MELHORES” … fico por aki…

Abraços de urso…

FUIe!

Dae Lucas ble?

Cara a minha resposta vai ser baseada no atual ranking mundial.

1- Wang Liqin - Classico
4- Timo Boll - Clássico
6- Vladimir Sansonov - Clássico
8- Werner Schlager - Clássico
9- Chuan Chih-Yuan - Clássico
10- Kalinikos Kreanga - Clássico
11- Kong Linghui - Clássico
12- Saive Jean-Michel - Clássico
14- Michael Maze - Clássico
15- Chen Weixing - Clássico
17- Liu Guozheng - Clássico
18- Peter Karlsson - Clássico
19- Petr Korbel - Clássico

Ou seja, caro Lucas, 13 dos 20 primeiros do Ranking Mundial são CLASSISTAS!!! :lol: Dos restantes 4 são Classinetas e 3 são Caneta.

Além do mais, o fantástico, a lenda viva do TM mundial, o insuperável, o melhor jogador de TM de todos os tempos… Jan-Ove Waldner eh classista!!!

Não estou menosprezando os outros estilos, muito pelo contrário, até concordo de que existe mais jogadores classicos do que outros estilos, mas é inegável que no momento esse estilo está sobresaindo sobre os outros estilos.

Mas o importante eh jogar bem o TM não existindo um "melhor"estilo, e sim a melhor maneira de se jogar. E apesar dessa massas classista entre os 20 primeiros, na final Olímpica foi decidida entre um Classineta e um Caneta.

Ps. Apesar de achar ainda que foi MUITO estranho a derrota do Wang Liqin pro Wang Hao… :?

Caro Kamikaze2,

       Você esqueceu ainda do Chen Qi, sétimo colocado no ranking mundial, um classista chinês canhoto sensacional, que faz dupla com o Ma Lin e que são os atuais campeões olímpicos. Então no total são 14 classistas entre os 20 primeiros!!!

[quote=“Bedininho”:2qb3ogq1]Caro Kamikaze2,

       Você esqueceu ainda do Chen Qi, sétimo colocado no ranking mundial, um classista chinês canhoto sensacional, que faz dupla com o Ma Lin e que são os atuais campeões olímpicos. Então no total são 14 classistas entre os 20 primeiros!!![/quote]

Com essa ‘olhada’ em cima do Ranking Mundial (feita pelo Kamikase e o
Bedininho) e considerando-se q sempre cita-se em estatísticas, q 9 entre cada 10 TOP-players sao CLASSISTAS. Isso mostra q MATEMATICAMENTE, o correto seria existirem 18 CLASSISTAS entre os 20 primeiros. Logo, prova-se q os Caneteiros/classineta no Alto Nivel realmente (por motivos diversos) SAO SUPERIORES aos classistas. Pois ainda existem 6 METIDOS entre os 20 primeiros, APESAR de fazerem parte de uma ‘minoria’… :stuck_out_tongue:

Um abraco a todos,
P.S.: E no ‘baixo nivel’ do meu estado, os Caneteiros SAO DISPARADOS OS MELHORES! Na minha academia entre os 5 melhores, 4 SAO CANETEIROS. No meu do ESTADO (segundo a Federacao local) tb eh um CANETEIRO, o no. 1, e isso jah faz uns 7 ou 8 anos…

Ótima conclusão Adriano_neves, se pensarmos por este lado os canetas levam alguma vantagem.

Bom mesmo. Discussão estranha, mas interessante.
Há diversas razões que explicariam a perduração do estilo e da empunhadura caneteiros. Eu gostaria de citar 3 das que me parecem mais relevantes:

1ª)Influência, englobando admiração pessoal, aconselhamento de técnico, treinador e outros. Sempre existirá alguém que veja algo especial no estilo, e se houver alguém para ensinar a trilhar o caminho da espada caneteira, nós teremos mais desses assasinos truculentos nas mesas. O que nos leva à segunda razão:

2ª)Tendo em vista que o estilo foi criado, cultivado e é o baluarte do tênis de mesa da hegemônica parte de esmagadora superioridade numérica e técnica da escola asiática, principalmente chinesa e coreana, o caneta passa a figurar como expressão de algo genuinamente asiático. Pelo menos por um bom tempo, não deixará de haver quem possa ensinar em alto nível e estimule a prática do jogo caneteiro, sabendo-se que há milhares e milhares de praticantes nesses países.

3ª)Esta é, na verdade, quase que uma mera indicação de um ponto de reinício de um ciclo: se houver quem queira praticar (e com certeza, haverá), haverá quem o possa guiar por esta vereda até um patamar competitivo internacionalmente. E assim, grandes atletas caneteiros surgem influenciando mais algumas gerações, mantendo este constante reciclar de interesse e aprendizado.

Aliás, quanto mais raros forem os top ranked caneteiros, melhor pra eles, pois serão sempre temidos e desconhecidos, causando as maiores tragédias para os incautos.

O Timo Boll que o diga. Ele deve ter até um bonequinho vodu do Ma Lin dentro da raqueteira dele.

Bom…sobre o dito melhor post do ano, se as contusões por esforço de treino fazem um jogador perder tanto nivel, imagino q o Waldner ja estaria sem suas pernas, acho q a qstão é Classista é melhor e pronto. na minha opinião caneterio bom tem q ter perna, muita perna, muita mais ainda se qser ter o msm nivel dos classistas(isso numa comparação a nivel mundial). Eu acho dificil q os caneteiros tomem jeito e virem classistas msm pq japones classico nem soa bem (hehehe). Ms eu acho q o caneteiro hje em dia (os iniciantes, e msm os q ja tem um certo tempo de treino) estão qrndo misturar as tecnicas, qr dizer, onde ja se viu caneteiro jogando longe da mesa como europeu, caneteiro com pino /o. Eu acho q os caneteiros teriam mais chanse se continuacem na trilha da escola japonesa, para continuarmos tendo Kin taek soo por ai, pra ver aqla maravilha de movimentação na mesa, q ai sim apavora classista (só q perdem pq não chegam nso bloqueios do nosso back), e enqnto os caneteiros forem quartos, quintos e os classistas primeiros, q sejam felizes esses dinossauros.

Eh Kayroz, foi mais ou menos isso que eu quis dizer no meu comentário. A grande massa dos jogadores esta abituado a jogar contra os Classistas, principalmete os Europeus. Pois no Campeonato Europeu eh dificil encontar um caneta jogando.

Ai quando pega uma Competição Internacional, como por exemplo as Olimpiadas eles ficaram totalmente confusos.

Por essa razão que ainda acho o Wang Liqin o atleta mais completo no TM, claro, depois do Waldner.

Ele sendo um Classista, não tem dificuldades em atuar de forma igual contra os Classista e os Canetas/Classinetas.

O Timo Boll, na Europa eh o melhor na atualidade, e quando joga contra o WL até que ele consegue em alguns momentos equilibrar o jogo, mas quando pega o Wang Hao ou Ma Lin, ele fica irreconhecível!!! Eh a falta do habito de jogar contra jogadores Caneteiros.