Versões Petr Korbel

Alguém sabe a diferença da Petr Korbel versão japonesa e versão europeia?
Encontrei as duas versões no site tabletennis11, com valores diferentes (diferença de 40 dólares)

pesquisei em uns foruns la de fora e a resposta mais concreta do proprio site eh:

The Korbel “made in Japan” is identical to the European-made KORBEL blade in terms of composition and design. While differences exist due to different glueing technique, the Japan-made models tend to have a somewhat harder touch.

parece q o controle de qualidade da japonesa eh maior e é um pouco mais pesada

Entendi

Quase o dobro do preço. Tá louco!

Essa eu posso responder, ainda que tarde, do assento do piloto.

Experimentei a Petr Korbel em sua versão japonesa (inclusive com peso selecionado pelo usuário, jogador patrocinado) em meados de 2016 ou 2017 para verificar se o que me causava uma certa estranheza nessa raquete em outras oportunidades ainda estaria presente para mim. Resumindo, gostei muito e passei a procurar para comprar. Naquela oportunidade, estaria trazendo através de pessoas que estavam na Europa, então me dei conta das duas “versões disponíveis”. E de fato, havia esta diferença de preço mencionada, e então, assumi o risco, sabendo que eu havia experimentado a versão japonesa, e pedi a versão européia.

De cara, alguns detalhes de acabamento e formas eram bem notáveis. E assim que eu encostei em uma bola com ela, a diferença ficou clara: mais rápida e mais dura. Portanto, pode se dizer que sim, são raquetes diferentes, e aí vai depender do que se desejava exatamente quando se decidiu por ela. Se a ideia era ter uma raquete mais lenta e mais macia (de uma forma que eu acabei descobrindo que a Petr Korbel dos modelos novos seria de uma forma bem peculiar), então vc vai encontrar plenamente apenas na versão japonesa mesmo. Foi o meu caso, e portanto acabei comprando a versão japonesa e estou usando até hoje. Mas se vc me perguntar se a versão européia da Petr Korbel é ruim, minha resposta é definitivamente não. Ela apenas não era exatamente o que eu estava procurando naquele momento, mas é uma ótima raquete também, inclusive me pareceu ótima para quem gosta de raquetes de 5 folhas, mas gostaria de ter um toque mais firme por exemplo.

Mas finalizo reforçando: não espere de uma o que está na outra. E segue abaixo os meus dois exemplares dos dois modelos lado a lado.

Abraços!!!

1 Curtida

@Alcir , A Korbel ainda é sua raquete principal? Qual o peso da sua versão japonesa? E qual o peso você recomenda para uma Korbel japonesa?

Boa noite @maurus,

Sim, desde 2017 tenho usado a Petr Korbel. O peso da minha raquete é 93 g, sendo que procurei até por um pouco mais pesada, em torno de 97 g, mas não havia disponível.

Agora, infelizmente é tão possível eu te recomendar um peso para sua raquete quanto os graus para o seu óculos. Simplesmente não dá para saber. Eu mesmo nunca fui de ligar para peso de nenhuma raquete, mas passei a notar que nas 5 folhas ele fazia uma diferença FUNCIONAL relevante (acredite, eu definitivamente não teria paciência para isso se não me parecesse funcional). Com a Petr Korbel mais pesada, sendo obviamente um pouco mais firme / rápida, eu me sentia mais confortável, tendo que empurrar a bola apenas até um ponto em que eu já me sentia livre para fazer os fundamentos corretamente, e não mais do que isso.

E no fim, para mim, isso resume o conceito básico de escolher material: encontrar um que chegue até o limite do que ele pode que te ajudar, e não mais do que isso, para então você fazer as coisas CORRETAMENTE, e não fazer as coisas POR CAUSA DELE. Ele só precisa te deixar confortável para você fazer o que sabe, a partir daí, já está entrando no seu caminho.

Abraços!!!

Eu já tive epicondilite lateral (cotovelo de tenista) há uns anos. Hoje estou bom, mas não sei se algumas gramas a mais ou a menos na raquete podem contribuir para evitar ter novamente. Estava pensando em uma Petr Korbel entre 83g e 88g, o que achas? Eu sou magro, peso uns 58kg.

Eu fico imaginando que uma mais leve me dará mais possibilidades, como, no futuro, usar borrachas mais pesadas sem pesar na configuração total.

A propósito, quais borrachas você usa? (Não sei se eu deveria criar outro tópico para essas perguntas :blush:).

Bom dia @maurus,

Eu definitivamente não vou me autorizar a opinar sobre uma questão médica. Claro, você não é o primeiro que comenta ter este problema, inclusive tenho amigos próximos no esporte que têm, mas eu não posso sequer supor se melhora ou se piora. A este respeito, a única certeza que eu tenho é que é necessário conversar sobre isso com um médico.

Mas falando sobre a raquete em si, da minha experiência (na verdade, só comprovando o que é meio que física básica), quanto mais leve, pode-se esperar que ela seja mais lenta, obviamente falando do mesmo modelo, e que tenha uma fabricação com qualidade regular. Agora, sobre “possibilidades”, acredito que não tenha muita ciência, principalmente hoje em dia que as borrachas estão cada vez mais parecidas (o que, na maioria dos aspectos, é mais positivo do que negativo).

Sobre o que eu uso, já faz um bom tempo que tenho usado Tibhar Evolution MX-P 50° no forehand e Tibhar Evolution MX-P no backhand.

Abraços!!!