Capa Fóruns Geral Quando você joga seu melhor TM?

Este tópico contém 24 respostas, possui 21 vozes e foi atualizado pela última vez por  User 5 anos, 8 meses atrás.

Visualizando 10 posts - 16 até 25 (de 25 do total)

Quando você joga seu melhor TM?


  • Fabiano Silva
    Participante
    Fabiano Silva

    Observando as diferentes explicações, expectativas e exigências dos jogadores quanto ao material, adversário, condição física e técnica própria, torcida e diversidades mil, penso que o campeão destes eventos foi submetido aos mesmos fatores.

    A preparação para eventos, deve levar em conta o psicológico.

    Já é muito difícil ter uma rotina de treino adequada, equipamento de uso (raquete, borrachas e uniforme) em quantidade e qualidade, problemas familiares em mente; no dia do torneio descobrir que o lugar venta, tem goteira, é úmido; que seu adversário é malvado e tu não vai com a cara dele hehehe

    O foco nos torneios é vencer os adversários, de forma limpa e honrada, sem menosprezar as habilidades/dificuldades alheias mas potencializando as próprias virtudes.

    A parte tática exige que nossos pontos fortes sobrepujem os pontos fracos do adversário, não uma ou duas vezes, mas no mínimo 33 pontos disputados.

    Se além de me preocupar com a estrátégia necessária para vencer com minhas habilidades a partida em questão, terei um milhão de justificativas, reclamações, desacertos com arbitragem, condições climáticas ou o que mais “incomodar”, não há como ser vitorioso ou apresentar o melhor Tênis de Mesa.

    Quando tu desce uma colina de mountain bike, os olhos ficam atentos apenas ao caminho por onde tu vai passar e sobrepujar as dificuldades, se você focar apenas nas pedras, é certo que irás parar em um hospital.

    Carlos Alexandre Tanikawa

    Concordo com a opinião dos colegas em todos aspectos…..
    Há fatores físicos e psicologicos. Meu problema maior é superar a ansiedade da primeira partida. Se ela ocorre bem , mesmo em condições adversas, parece que as restantes, ganhando ou perdendo seguem positivamente, eu assim consigo jogar o meu melhor jogo, independente se é ou não suficiente para avançar nas competições.
    Se começar errando bolas fáceis, vacilando em tentar finalizar ou me restringir aos golpes mais seguros, ou seja não o melhor TM mas o “menor” TM…. aí a vaca vai pro brejo…. o psicológico abalou e estarei somente jogando.
    Se a arena ou ginásio da disputa estiver em condições ideais, o que é não é tão fácil de encontrarmos nos jogos, ajuda bastante, mas a já tive grandes problemas jogando em mesas 25/28 mm da mesma forma que alguns colegas relataram, pois treino geralmente nas 18mm e a velocidade de jogo muda um pouco. Calor e suor excessivo também atrapalham bastante, mas nada que algumas camisas extras não resolvam.
    Quando estou com o lado psicológico em boas condições, resumindo, de bem com a vida e com meu esporte, jogo e arrisco o máximo e fico satisfeito com o jogo. Ganhando ou perdendo, dá pra ficar satisfeito em ter conseguido tirar o melhor do meu TM, lembrando-se também dos méritos do adversário que inúmeras vezes está mais bem preparado que eu posso estar no momento da partida.


    raugusto
    Participante
    raugusto

    Eu jogo o meu melhor tênis de mesa quando jogo pela primeira vez com uma pessoa. Apesar de ser uma faca de dois legumes, ele não conhece o meu jogo e com isso eu consigo dificultar o jogo mesmo ele sendo um adversário melhor do que eu. No entanto se eu não consigo ganhar logo, digamos 3 x 0, corro o risco de perder pois ele começa a observar durante a partida os pontos fracos que eu tenho e começa a dominar o jogo e até efetuar uma virada. Mas isso é um sentimento de uma pessoa que nunca treinou quando criança/adolescente, mas era um dos melhores do colégio, e que depois de 20 anos resolveu voltar a jogar tênis de mesa. Mas levando para o lado em que a minha praia era o Futsal (03 anos seguidos o melhor goleiro do estado do amazonas e com 15 anos disputava o campeoanato adulto de futsal) eu notava que as vezes no treino as pessoas eram displicentes e que isso refletia durante uma partida oficial. A coisa que mais me irritava, e por consequência era o que eu mais cobrava como capitão da equipe era a seriedade dos treinos principalmente quando era no quesito chute em gol. O time no qual eu jogava sempre chutava para fora e eu ficava fulo e brigava para eles acertarem o gol pois como é que eu ia treinar se eles só chutavam a bola para fora???? Enfim deste aprendizado, eu tento repassar para alguns garotos que jogam tênis de mesa na escolinha onde eu estou treinando. Eles jogam muito mais do que eu, afinal treinam desde os 06, 07 anos de idade, e hoje com 13, 14, 15, 16, 17 anos já tem uma bagagem muito maior do que os meus 10 meses, depois de 20 anos… No entanto eu consigo ganhar deles no treino porque não jogam para valer comigo ao passo que eu sempre jogo o meu melhor (tá no sangue desde a época do futsal)… Até já dei alguns exemplos onde na pelada eu fui valendo cocão ou então 20 voltas em torno da quadra e o resultado é que ganhei algumas perdi outras e no final eles agora quando jogam comigo dão o seu melhor, não brincam mais. Acho que entenderam o ditado: o costume de casa vai a rua. Ou seja, se no treino você é displicente, em uma partida oficial você também vai ser…

    Roberto Augusto
    Caneta Japonesa
    Palio (2C+2Ti + 5M)
    DHS tinarc 3


    Adriano_Neves
    Moderador
    Adriano_Neves

    Bom nao sei direito quando consigo jogar bem.
    O principal é estar de bem com a vida.

    Mas eu sou estranho, tem dias que a raquete simplesmente nao encaixa direito na minha mao, ai os drives saem na quina da raquete, o saque sai longo, o back nao entra tudo da errado e tenho vontade de nao jogar nunca mais. Em outros cai como uma luva e tudo sai direitinho e me sinto o WL.

    Se o adversario é mais forte tb consigo jogar melhor(nao muito forte senao complica)

    Ambos comentarios se encaixam no meu perfil, principalmente o segundo ! Qdo o jogador é bem mais forte, como um q eu peguei no Campeonato Brasileiro. Mal tem jogo, ai nao tem nem graça. O cara faz o q quer, nem q vc consiga jogar o melhor possivel, nao dá.

    Eu acho q é até normal a pessoa jogar melhor com um jogador mais forte. Eu, por exemplo, qdo “sei” q nao dá para ganhar, jogo mais tranquilo e com isso o meu rendimento sobe. Qdo vc joga “sob pressao” com um jogador teoricamente mais fraco, vc está na obrigaçao de vitoria e se começar a cometer erros, o jogo “vai para o espaço”, vc começa a errar bolas “bobas” e ai já era, principalmente, se o adversario “crescer”…
    Já cansei de perder para jogadores na teoria bem mais fracos, mas q no dia, eu estava mal, errando muito, por causa da obrigação e eles começaram a “acertar” bolas q normalmente nao faziam e, pronto, perdi! Teve um jogador, para o qual perdi num campeonato, e depois jogamos bem umas 10 partidas e, no maximo, o q ele conseguiu fazer foi ganhar 1 set por partida, qdo estava tao inspirado, qto no dia q me venceu.


    kesya vidal
    Participante
    kesya vidal

    Concordo com o Hinoki….

    embora alguns locais são memoráveis como um bom resultado…


    Watanabe
    Participante
    Watanabe

    É bem complicado responder quando jogo meu melhor tenis de mesa porque isso é muito raro.

    Alguns pontos importantes:

    Clima : Nao pode estar umido , porque meu jogo é baseado em topsin, com o clima umido nao consigo fazer nada na mesa

    Mesa e Bolinha : Nao tenho nenhum tipo de restrição

    Ambiente : Se nao estiver com Sol e nao estiver ventando ja esta de bom tamanho pra mim

    Piso : Se estiver escorregadio nao faz muito diferença no meu jogo , pois jogo bem parado

    Torcida: Prefiro jogar contra uma torcida do que ter uma torcida pra mim, alguem me auxiliando como tecnico já me ajuda muito

    Adversario: eu jogo muito melhor contra adversario do mesmo nivel e de nivel inferior, jogadores muito melhores que eu , nem dá jogo. Se o adversario for canhoto , a coisa complica pra mim, pq aqui no estado nao tem nenhum jogador canhoto

    Fase do Campeoanto: Creio que quanto mais se avança de fase, eu fico mais confiante e motivado passando a jogar melhor pois estou mais concentrado


    Mario Souzza
    Participante
    Mario Souzza

    Bom nao sei direito quando consigo jogar bem.
    O principal é estar de bem com a vida.

    Mas eu sou estranho, tem dias que a raquete simplesmente nao encaixa direito na minha mao, ai os drives saem na quina da raquete, o saque sai longo, o back nao entra tudo da errado e tenho vontade de nao jogar nunca mais. Em outros cai como uma luva e tudo sai direitinho e me sinto o WL.

    Se o adversario é mais forte tb consigo jogar melhor(nao muito forte senao complica)

    Ambos comentarios se encaixam no meu perfil, principalmente o segundo ! Qdo o jogador é bem mais forte, como um q eu peguei no Campeonato Brasileiro. Mal tem jogo, ai nao tem nem graça. O cara faz o q quer, nem q vc consiga jogar o melhor possivel, nao dá.

    Eu acho q é até normal a pessoa jogar melhor com um jogador mais forte. Eu, por exemplo, qdo “sei” q nao dá para ganhar, jogo mais tranquilo e com isso o meu rendimento sobe. Qdo vc joga “sob pressao” com um jogador teoricamente mais fraco, vc está na obrigaçao de vitoria e se começar a cometer erros, o jogo “vai para o espaço”, vc começa a errar bolas “bobas” e ai já era, principalmente, se o adversario “crescer”…
    Já cansei de perder para jogadores na teoria bem mais fracos, mas q no dia, eu estava mal, errando muito, por causa da obrigação e eles começaram a “acertar” bolas q normalmente nao faziam e, pronto, perdi! Teve um jogador, para o qual perdi num campeonato, e depois jogamos bem umas 10 partidas e, no maximo, o q ele conseguiu fazer foi ganhar 1 set por partida, qdo estava tao inspirado, qto no dia q me venceu.[/quote]

    Eu sou assim rsrs. Na verdade, nem ligo pro resultado do jogo, ligo apenas em demonstrar o meu melhor jogo, se ganhar, ótimo, mas se perder, é porque eu tenho que treinar mais. Porém me irrito demaisssss quando não entra nada e isso acaba com meu jogo. Tem dias que não acerto uma recepção de saque e por isso me xingo todo e erro todos os drives, saques e etc. Como ja perceberam meu psicológico é fraco, logo não gosto de muita torcida contra ou a favor de mim. Prefiro apenas as pessoas que me orientam (não aquelas que veem que vc está nervoso e falam: NO TREINO VC JOGA MT MAIS QUE ISSO.) essas pessoas me irritam, pois eu não consigo jogar e isso piora td.
    Sobre a mesa, eu prefiro uma hobby 28mm ou 30.
    Sobre as bolas, prefiro a DHS 1 estrela visto que é a bola que treino. Creio que não há mt diferença para a DHS 3 estrelas (eu acho)
    Sobre a iluminação: É ruim demais jogar com o sol na mesa e na sua cara, principalmente devido ao meu óculos, sla, mas atrapalha.
    Sobre o clima: Aqui no Nordeste é sempre quente, mas quando está úmido é ridículo, não acerto nada.
    EXTRAAAA: Jogador que nem eu sempre tem um motivo a mais pra reclamar. Eu transpiro demais, e o local que mais transpiro é na mão direita (mão que jogo). Ai molha a borracha toda, visto que sou clássico, molha a bola… é FOGO.

    Se houver apenas 2, 3 desses pontos negativos que citei, creio que é possível demonstrar um bom jogo, principalmente quando eu estou confiante e saio na frente do placar, se eu perder o primeiro set para um adversário inferior em termo de TÉCNICA (Técnica é diferente de nível de jogo), fico muito nervoso. Quando sou a “zebra” ou seja, o inferior, não ligo muito. Tento apenas jogar bem.


    paulones
    Participante
    paulones

    Sem duvida alguma o meu melhor TM se revela enquanto durmo.
    E o pior é quando estou acordado e jogando. :woohoo:


    Luiz Carlos
    Participante
    Luiz Carlos

    Bom, vamos lá
    Adversarios: jogo melhor contra os ofensivos os que fica cozinhando perco a paciencia e tento partir para o ataque onde demoro muito a pegar a mão.
    Mesas: logicamente as mais lentas
    Clima: frio; suo muito nas mãos e isso me atrapalha bastante.
    Torcida: pode ser contra; quando tem a favor fico nervoso.
    e logicamente as condições de iluminação e piso tem que ser os melhores possiveis, principalmente os “ventos” que aparecem em certos lugares que jogo.


    User
    Participante
    User

    Bom, eu como a maioria dos jogadores também desenvolvo meu melhor Tênis de Mesa contra adversários inferiores tecnicamente a mim. Geralmente na primeira partida do campeonato eu jogo mal, chegando perto de perder, por ainda estar frio… Durante as próximas partidas eu já jogo bem melhor, mas quando chego na final, já estou cansado e jogo mal… Por isso já fiquei duas vezes em segundo lugar e nunca fiquei em primeiro em um campeonato.

Visualizando 10 posts - 16 até 25 (de 25 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.