Capa Fóruns Notícias O novo tênis de mesa se chama – TTX

Este tópico contém 2 respostas, possui 3 vozes e foi atualizado pela última vez por  Nobre 3 anos, 4 meses atrás.

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)

O novo tênis de mesa se chama – TTX


  • Julio K Nakatani
    Moderador
    Julio K Nakatani

    O novo tênis de mesa se chama – TTX

    A nova forma de mesa de mesa – Ténis de mesa X (TTX) foi lançado em grande estilo hoje, na véspera dos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro.

    TTX é diverto, novo, jovem, energético, e pode ser jogado em cima de um prédio, na praia, no centro da cidade, uma casa noturna ou, literalmente, em qualquer lugar com uma mesa! Isso se encaixa perfeitamente com a declaração do presidente do COI, Thomas Bach ontem que o COI quer levar o esporte para a juventude e não esperar para que eles venham para o esporte.

    A bola TTX é maior e mais pesada para se adequar ao jogo ao ar livre, raquetes simplificados com menos spin, os jogos serão disputados em três sets de dois minutos em vez de quem faz 11 pontos primeiro e você ainda pode marcar mais pontos com os “vencedores” e “wild cards ‘. Este é o TTX, um esporte para todas as idades para ser jogado qualquer hora em qualquer lugar.

    O formato com tempo-limite novo é excitante e irá ampliar a emoção de ténis de mesa convencional, reduzindo o déficit de competição entre os participantes e aumentando o nível de variedade e imprevisibilidade ao jogo. Eventos no futuro serão criados para apelar aos estilos de vida sempre em mudança da era moderna.

    ITTF Presidente Thomas Weikert declarou: “TTX – Esta é a revolução de ténis de mesa que o mundo tem sido esperando. TTX é para os jovens e os jovens de coração e leva ténis de mesa para você, em vez de você ter que vir para tênis de mesa. A ITTF acredita.. que isso pode perfeitamente complementar o nosso jogo de tênis de mesa profissional, conectar o jogador por hobby que joga com seus companheiros em casa para um formato de competição viável que é projetado em torno de se divertir. Pegue a sua raquete e vá jogar alguns amigos o TTX. ”

    “Foi também um momento perfeito para o nosso esporte que tem sido criticado internamente por muitas mudanças nos últimos anos. Aqui nós podemos fazer muitas coisas novas, experimentar novas idéias geniais e, ao mesmo tempo, permitir que algum tempo para o nosso jogo profissional para adaptar-se às recentes mudanças. ”

    A série de eventos TTX será anunciado nos próximos meses, com este novo e excitante estilo de tênis de mesa chegando a uma cidade perto de você muito em breve.

    Algumas regras básicas para você começar:

    Partidas são a melhor de 3 sets, 2 minutos cada. Se o conjunto termina com um empate, há um ponto de morte súbita para determinar o vencedor!
    Não há restrições sobre o serviço, pode servir de qualquer maneira que você gosta!
    2 pontos extras para uma jogada vencedora (se adversário não tocar a bola com sua raquete)
    1 curinga por jogador por jogo! O jogador deve chamar o curinga antes de servir e se a pessoa que chama o curinga ganhar esse ponto ele ganha 2 pontos. Se eles batem uma jogada vencedora em um ponto curinga obtêm 4 pontos!
    Divirta-se e fique alegre!
    Seja parte da X-emolçao! Confira TTX.world para mais informações!

    Confira todas as fotos do lançamento aqui: http://bit.ly/TTXRioLaunch.

    Traduzido rapidamente de http://ittf.com/Press_releases/PR/PR1.asp?id=273

    O que acham? Acho que criar uma modalidade é um pouco forçado. Mas vale a iniciativa.

    Alcir Zardetto Franzol

    Obrigado Julio por ter trazido o assunto para discussão no fórum.

    Pois bem, finalmente foi divulgado o que a ITTF vinha colocando bastante suspense a respeito. E muito se comenta no meio sobre se é válido ou não, se é autêntico ou não, se é original ou não, mas no meu ponto de vista, nada disso importa. Antes de entender “o quê”, entendo que é necessário ouvir e compreender o “por quê”. Neste sentido, só o tempo vai dizer se o “o quê” estava certo, mas o “por quê” já me indica uma direção positiva: buscar praticantes ao invés de esperar por eles.

    Em relação ao jogo em si, de fato não tem grandes novidades (e talvez o único “problema” da federação tenha sido criar vulto demais mesmo), mas se por um lado o jogo não é nada revolucionário, por outro, isso é o que menos importa. Acredito que seja muito mais importante a forma como isso vai chegar ao público em geral e como se vá chamar atenção através dos eventos do que a própria prática do tal TTX. No fim das contas, se pode até não resolver nenhum problema, não vejo como possa ser prejudicial tb. E tendo isso em vista, fato é que, quando se fala no público do tênis de mesa, infelizmente não consigo deixar de lembrar de David Coverdale dizendo “mesmo quem descobrir a cura do câncer terá haters” hahahahhahahaha.

    Resumidamente: seria pretensão demais prever se o método será efetivo ou não, mas acredito que pelo menos a estratégia vai em boa direção. Torcendo pelo melhor para o esporte, sempre!

    Abraços!!!

    Alcir Zardetto Franzol

    Clube: Bunka São Bernardo do Campo

    Material: Tibhar Evolution MX-S (FH) / Tibhar Evolution FX-P (BH) / Butterfly Petr Korbel FL


    Nobre
    Participante
    Nobre

    Trata-se de uma Ação de Marketing para popularizar o esporte, criando uma vertente amadora que consequentemente atrai para a modalidade profissional. Boa iniciativa, na minha opinião como profissional de marketing.

    Enviado de meu Moto G usando Tapatalk

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.